Grupo Mundial

Azul retoma voos regulares em Toledo, Ponta Grossa, Pato Branco e Guarapuava

O Paraná deu mais um passo na consolidação do maior projeto de aviação regional do País. Nesta semana, a Azul Linhas Aéreas retomou mais quatro voos com origem/destino em cidades do Interior do Estado. Na segunda-feira (20) a companhia retomou a linha Toledo-Campinas e, na terça (21), a rota Ponta Grossa-Campinas. Já o reinício entre Pato Branco e Curitiba e Guarapuava a Campinas se deu nesta quarta-feira (22).

A volta de voos Azul em cidades de médio porte do Estado faz parte da retomada do programa Voe Paraná, do Governo do Estado, que incentiva a aviação regional. Além das linhas já em operação, também haverá o retorno de rotas aéreas a Umuarama, Guaíra, Paranavaí, Francisco Beltrão, Cornélio Procópio, União da Vitória, Cianorte, Campo Mourão, Telêmaco Borba, Arapongas e Apucarana, que entram em operação a partir de janeiro.

Com isso, o Paraná será o Estado brasileiro com maior número de destinos cobertos pela Azul a partir de 2022. A estratégia é fruto de uma demanda levada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior a executivos da empresa.

Os novos voos se somam a outros cinco municípios já atendidos pela empresa regularmente: Curitiba, Foz do Iguaçu, Cascavel, Londrina e Maringá – totalizando 20 cidades contempladas, um recorde da companhia. O plano da empresa é fortalecer sua malha em Curitiba, criando um hub regional com mais de 50 movimentos diários.

Além da Azul, a companhia aérea paranaense Aerosul mantém voos regulares ligando ArapongasApucarana, Pato Branco a Curitiba.

VOE PARANÁ – Lançado pelo governador Ratinho Junior em outubro de 2019, o Voe Paraná mantinha voos regulares, em parceria com a Gol e Two Flex, de Curitiba para Guaíra, Paranaguá, Cianorte, Campo Mourão, Paranavaí, Arapongas, Cornélio Procópio, Francisco Beltrão, União da Vitória e Telêmaco Borba.

O programa precisou ser descontinuado em março de 2020 em razão da pandemia da Covid-19. De acordo com a Secretaria de Estado da Infraestrutura e Logística, 2.736 passageiros foram transportados no período.

O Paraná encerrou 2019 com 19 aeroportos operando voos regulares para destinos turísticos de qualquer lugar do País e do mundo – em 2018, eram apenas seis aeroportos (Curitiba, Londrina, Maringá, Cascavel, Foz do Iguaçu e Ponta Grossa). Ampliação que volta à pauta, com a reforma e ampliação de terminais importantes pelo Estado como os de Siqueira Campos, Paranavaí, Arapongas e Umuarama.

Foz do Iguaçu

Paraná

Brasil

Mundo