Grupo Mundial

Xi Jinping usa ‘resolução histórica’ para se colocar entre os maiores líderes da China

Na semana passada, o Partido Comunista Chinês (PCC) publicou a terceira edição de sua “resolução histórica”, documento que aborda as principais realizações e as direções futuras a serem seguidas pela sigla e, consequentemente, pela China. O texto, porém, não serve apenas para marcar os cem anos do partido, comemorados no dias 1º de julho deste ano. Acima de tudo, é mais um ato do presidente Xi Jinping na tentativa de elevar sua própria imagem ao patamar de algumas da principais figuras da história do país.

 

Xi é apenas o terceiro líder chinês a publicar a resolução histórica, depois de Mao Tsé-tung, em 1945, e Deng Xiaoping, em 1981. “Ele tenta se colocar como o herói da épica jornada nacional da China”, analisa Adam Ni, editor da China Neican, uma newsletter focada em assuntos do país asiático. “Ao levar a cabo uma resolução histórica que o coloca no centro da grande narrativa do Partido e da China moderna, Xi demonstra seu poder”, disse ele à rede britânica BBC.

Foz do Iguaçu

Paraná

Brasil

Mundo