Grupo Mundial

Consórcio Sorriso diz que passagem deveria custar R$ 11,64

A empresa responsável pelo transporte coletivo da cidade está reivindicando um reajuste de 22%, que, caso seja aprovado, sobe o preço da passagem de R$ 4,10 para R$ 5,00.

 

A prefeitura não concordou com o pedido da empresa e está reavaliando o pedido. A administração municipal argumenta que a empresa não está com a frota completa e, portanto, não tem direito ao reajuste.

 

Para justificar o aumento da passagem, a empresa apresentou uma planilha à prefeitura de Foz com índices e auditorias avaliando que a tarifa deveria ser de R$ 11,64.

 

No entanto, a prefeitura argumenta que o valor não condiz com a realidade.

 

Foz do Iguaçu

Paraná

Brasil

Mundo